sexta-feira, 15 de abril de 2011

Amor e Ódio - conto



História:

Um certo dia, o Amor e o Odio estavam brincando de esconde-esconde, e o Amor que iria procurar, mas assim que ele terminou de contar.

O Odio, muito sapeca furou os seus olhos, para que assim pudesse vencer a brincadeira, mas logo ele percebeu o que tinha feito, e se arrependeu profundamente, pois não queria fazer mal ao Amor, só o que queria era vencer a brincadeira.

Então como prova de arrependimento, o Odio jurou ao Amor que sempre estaria ao seu lado, de mãos dadas, para poder guia-lo…

E é por isso que o Amor é cego, e que Amor e Odio caminham lado-a-lado…

-FIM

Dudjinka

Quem está lendo aqui (Tempo Real)

PORTA CURTAS - Festival do Rio 2009